domingo, 6 de junho de 2010

Se meu Cão falasse...

Ah se o meu cachorro soubesse falar
eu passaria horas com ele a conversar sobre a minha vida,
e ele,com toda paciência,ficaria a me escutar,
e depois,num gesto amigo,me lamberia.

As noites de insônia não me atormentariam jamais,
pois discutiríamos sobre a beleza das estrelas no céu,
e outras cousas que não me recordo mais.
Não me importaria se fosse ele grande ou pequenino,
desde que dividisse um pouco de si comigo,
contando-me histórias sobre o universo canino.
E ao amanhecer,todo contente me falaria,
que melhor dono no mundo não existiria!

Além de falante o meu cão seria zen.
Teria sempre alguma palavra sábia a dizer,
que contaria a mim e a mais ninguém!
Não que fosse ele egoísta,ou quisesse algo esconder,
mas apenas em mim o animal confiaria.

Ao fitar seus olhos envolventes
eu de todo me entregaria,
numa cumplicidade sem igual,jamais vista anteriormente.
E a cada sílaba proferida,eu cada vez mais me orgulharia,
do cão meu tão singular,
que pelo resto da vida me amaria.

Ah se o meu cachorro soubesse falar,
se acabaria,enfim,a minha melancolia.
Ah,se ao menos um cão pudesse me amar.

__________________________________________________
*Dedicado à minha querida pet Dolly,que mesmo não sabendo falar com palavras,se comunica comigo através de gestos que me trazem grande alegria!




Doriana Albuquerque 
(Poesia retirada do blog )
http://www.luso-poemas.net/
Esta é minha cachorrinha salchicha que amo muito,Lully,ah se ela pudesse falar comigo...



Um comentário:

Pontos e Panos - Rô e Mari disse...

Que linda...olhar penetrante!
Amo salsichas!! Tenhos duas, a Lorena e a Sofia!

*Mari*